Venezuelano é preso em aeroporto com 52 cápsulas de cocaína no estômago

0
251

Um venezuelano foi preso no Aeroporto Internacional do Recife/Gilberto Freyre, na Zona Sul da capital pernambucana, por tráfico internacional de drogas. O estrangeiro transportava 52 cápsulas de cocaína no estômago. De acordo com a corporação, o homem, de 35 anos, portava 520 gramas do entorpecente. Ele encontra-se no Hospital da Restauração (HR), no Derby, na área central da cidade, e vai ficar na unidade, sob custódia policial, até expelir todos os invólucros.
Em conversa com os policiais federais, o venezuelano informou ter ingerido as cápsulas em Manaus (AM). Naquela capital, pegou um voo doméstico para o Recife, de onde seguiria para Barcelona, na Espanha. O estrangeiro, segundo a PF, não deu detalhes de como foi aliciado para participar do tráfico internacional nem a quem entregaria a droga.
A prisão ocorreu na madrugada de segunda-feira (27), durante uma vistoria de rotina no aeroporto. Como caminhava com dificuldade e aparentava problemas de saúde, o venezuelano foi chamado pelos agentes federais para uma entrevista. O estrangeiro entrou em contradição a respeito dos motivos da viagem. Por isso, a PF decidiu levá-lo para um exame de rastreamento corporal.

O equipamento mostrou manchas no estômago do venezuelano. Por isso, ele seguiu para a Unidade de Pronto Atendimento da Imbiribeira (UPA), na Zona Sul do Recife. Uma radiografia apontou as cápsulas e os médicos começaram o procedimento de retirar a droga. O estrangeiro seguiu, então, para o HR. Lá, começou a expelir as cápsulas. Até as 11h de segunda, a PF já havia contabilizado os 52 invólucros.
Quando terminar o procedimento, o venezuelano será levado para a sede da PF, na área central do Recife. Ele será autuado por tráfico internacional de drogas. Caso seja condenado, poderá pegar penas que vão até 20 anos de reclusão.
O estrangeiro vai passar por exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal (IML), no Recife, e seguirá para a audiência de custódia. Caso a prisão seja confirmada, a PF fará o encaminhamento ao Centro de Triagem (Cotel), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana.

Estatísticas
Esta foi a 14ª apreensão de drogas realizada pela PF, este ano, no Aeroporto. Até agora, ocorreram 17 prisões. A PF recolheu 23,8Kg de cocaína, 43Kg de Skunk, 11,4Kg de Haxixe e 10,4Kg de metanfetamina e 30 quilos de maconha.
Em 2016, foram realizadas 14 apreensões com 14 pessoas presas. A PF recolheu 26Kg de haxixe, 13.7Kg de cocaína, 6,1Kg de metanfetamina, 25,1Kg de Ecstasy (cerca de 75.800 (setenta e cinco mil e oitocentos comprimidos) e 56 aparelhos celulares Iphone7. Em 2015, houve uma apreensão de drogas no terminal, com duas pessoas presas, com 10,6Kg de cocaína.

Fonte: G1

Comentários

comentários