PM a paisana socorre entregador de gás que teve corpo queimado por adolescente

0
233

Um homem teve o corpo incendiado por um ciclista após uma briga de trânsito, neste sábado (27), em Ananindeua, região metropolitana de Belém. O motoqueiro teve parte do corpo queimado e está hospitalizado.

(Foto: PM/Ascom)

Segundo testemunhas, o ciclista, de 17 anos, e o motoqueiro, que trabalha como entregador de gás, se esbarraram na rotatória da Cidade Nova 8. Após o incidente, houve uma discussão. O ciclista, que transportava um galão de gasolina, jogou o líquido inflamável sobre o motoqueiro, que naquele momento levava no veículo três botijões de gás, e acendeu fogo.

‘Tudo podia ter explodido’
Alessandro da Silva, 25 anos, foi socorrido pelo cabo Silva Castro, que passava pelo local. O policial estava de folga e saiu de moto para comprar o almoço da família. Ele conta que viu a discussão e se aproximou. “Então o rapaz jogou gasolina no entregador e tacou fogo. Joguei minha moto em cima, e ele deixou a gasolina cair, senão lee teria jogado todo o galão no rapaz. ele conseguiu jogar ainda no braço e nas costas. Tirei a jaqueta do entregador, que estava em chamas”, relata. “Imagina só, poderia ter tido uma grande explosão por causa daquele fogo todo perto dos botijões de gás. Tivemos muita sorte”, diz o cabo.
O ciclista tentou fugir, mas foi impedido pelo policial. “Ele tentou pegar a bicicleta. Saquei a minha arma e ele fugiu a pé mesmo, porque viu que não ia dar tempo de pegar a bicicleta. Logo ele desistiu de correr e foi pego”, conta.
Com o tumulto, a população se aproximou. O ciclista foi agredido por moradores. Visturas da polícia foram acionadas. Ambulâncias encaminharam o Alessandro e o adolescente para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade Nova. Em seguida, o jovem foi levado para a Divisão de Atendimento ao Adolescente (Data). Alessandro está hospitalizado no Pronto Socorro Mário Pinotti, na travessa 14 de Março, em Belém.

Fonte: G1 Pará

Comentários

comentários