“Não me falaram do vírus quando me passaram, então não falo também”. Homem com HIV mata parceiro e passa vírus para outros

0
657

Um homem de 46 anos foi preso após matar o parceiro de 49, na madrugada dessa segunda-feira (6), em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. Antônio Freire de Sá Filho golpeou a vítima com sete tesouradas e ainda deu outros golpes de foice. Os dois bebiam na casa do suspeito quando houve um desentediamento, que culminou no assassinato.
Antônio é portador do vírus HIV. Ele não contava para os clientas sobre a condição, nem tinha o cuidado de praticar atos sexuais com proteção. Segundo disse ao programa DF Alerta, “jamais” tomou cuidado para evitar passar o vírus a outras pessoas. “Não me falaram do vírus quando me passaram, então não falo também”, disse.

O agressor afirmou não ter sentido piedade da vítima durante o crime. Na reportagem, o acusado disse que invocou uma entidade chamada ‘rainha’ para matar o parceiro.
“Ele [a vítima] disse que ia quebrar minha cara. Eu perguntei: ‘quebrar minha cara? Quebra não, meu filho. Você não brinca com abelha e nem com a rainha. Eu só sou magrinho. Na hora que ela se apossa em mim, eu tenho força de três, quatro homens. Vá embora! [sic]’”, contou. Segundo ele, o ser espiritual o dá forças e o torna irresistível perante aos homens.
Segundo a Polícia Civil, Antônio foi preso em Ceilândia, enquanto tentava se esconder na casa de uma amiga. Ele foi encontrado atrás da porta do banheiro da residência.

Fonte: Jornal de Brasília

Comentários

comentários