Mais um soldado norte-coreano deserta e foge pra Coreia do Sul

0
220

O episódio acontece um mês depois da espetacular deserção de outro soldado, sob os tiros do exército da Coreia do Norte.
Militar atravessa zona desmilitarizada que divide península coreana, e tropas sul-coreanas disparam tiros de advertência.
Segundo o Ministério da Defesa sul-coreano, o soldado de “baixa patente” apareceu em frente a um posto de guarda de fronteira da Coreia do Sul sob nevoeiro cerrado. A deserção de hoje veio quase 40 dias depois que outro soldado norte-coreano cruzou a área fronteiriça em meio a uma saraivada de tiros disparados por colegas.

Em uma nota publicada na internet, o 8o Exército dos EUA disse que “um número significativo de panfletos de propaganda e CDs norte-coreanos” foram distribuídos em “locais estratégicos” de diversas bases militares norte-americanas na Coreia do Sul.A nota pediu que as tropas relatem quaisquer indivíduos suspeitos para ajudar a combater “ameaças internas” em potencial que poderiam prejudicar operações militares. Os soldados norte-coreanos estacionados na fronteira pareciam estar tentando localizar o militar que desertou pela manhã, de acordo com um porta-voz do ministério. O militar desceu então do jipe e atravessou a fronteira correndo; enquanto quatro soldados se aproximaram e começaram a disparar a poucas dezenas de metros de distância.
Outras imagens capturadas por uma câmara térmica mostraram o resgate posterior do soldado por três militares sul-coreanos; que o arrastaram pelo chão para evitar que fosse novamente baleado, levando-o depois para um lugar seguro até ser transportado para o hospital.
Longe de Panmunjom, o restante dos quatro quilômetros da ZDC está cercado com arame farpado e repleto de campos minados, tornando qualquer travessia extremamente perigosa.

Fonte: Tomar TV News

Comentários

comentários