Infratores se deram mal

0
161

Por volta das 20h30 do dia 23.09.17 os policiais militares SGT PM A. J. OLIVEIRA, CB PM PAULO MUNIZ efetuaram a prisão de dois cidadãos infratores, sendo um maior e outro menor de idade acusados da prática de roubo e porte ilegal de arma de fogo.

De acordo com os Policiais Militares, por volta das 15h30, estes foram atender um chamado de emergência via 190 no qual a vítima dizia ter tido seu celular roubado na Rua Copeá – Santa Efigênia por um infrator armado com arma de fogo e que teria filmagem do fato, na qual o infrator poderia ser identificado. Na gravação foi identificado um elemento conhecido por “RUAN DO SANTA EFIGÊNIA”. A Polícia iniciou as buscas por “RUAN” e se manteve atenta, quando por volta das 20h30 avistaram o suspeito na garupa de um mototaxista na Av. Vieira Martins – Chagas Aguiar e deram ordem de parada para eles, porém estes não obedeceram e tiveram que ser contidos e abordados.

Foto: Divulgação

Na abordagem, “RUAN ” foi identificado como R. A.D. N., 17 anos e disse aos policiais que efetuou roubo sozinho a vítima, subtraindo um Celular Samsung j7 cor Branca, o qual teria negociado com um cidadão infrator chamado JHONATA, o qual também estaria na posse da arma de fogo usada no crime.

Os Policiais abordaram JHONATAS na estrada do aeroporto e foi identificado como JHONATAS RIBEIRO DA COSTA, 23. Com o cidadão infrator a Polícia encontrou o celular da vítima que confirmou também que “guardou” a arma de fogo usada no crime e que esta pertenceria a um suposto traficante que atua no bairro Santa Efigênia conhecido como “PLAYBOY”.

Na residência de JHONATAS a Polícia fez apreensão de um revólver calibre 38 com uma munição intacta. O mototaxista que estava pilotando para ” RUAN” também foi detido e conduzido uma vez que não obedeceu ordem de parada e tentou fuga. Após averiguação detalhada de sua participação é que a Polícia Civil deverá ou não libera-lo.

A dupla de infratores foram conduzidos e apresentados, juntamente com a arna de fogo na 10a DR de Polícia Civil para os procedimentos cabíveis.

Comentários

comentários