Homem morto em confronto com a polícia no Alvorada é suspeito de integrar facção, aponta investigações

0
194

 

Manaus – Ricardo Chuansky Souza de 23 anos, morto na última segunda-feira (23), durante confronto com Policiais Militares no bairro Alvorada 1, zona Centro Oeste da Capital, é suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas e fazer parte da facção criminosa FDN. De acordo com investigações iniciais, Ricardo possuía envolvimento com traficantes de alta periculosidade. Em uma análise foram constados diversos boletins anexados em uma ocorrência durante o trabalho de repressão ao tráfico de drogas nas localidades do Campo do Curubal, onde segundo a polícia é um dos maiores redutos do tráfico de drogas no Bairro do Alvorada.

No entanto segundo investigações Ricardo consta como suposto “soldado” de Carlinhos, do Alvorada, conhecido como Panda, o mesmo responde por tráfico de drogas e é suspeito de matar sua ex-namorada Bruna Freitas Rodrigues. Conforme fotos em anexo, Ricardo tinha um relacionamento próximo com traficantes e pistoleiros ligados a facção criminosa Família do Norte, além disso ele participava dos times de futebol ligados ao narcotraficante Marcos Pará.

 

Ainda segundo investigações Ricardo ‘ostentava’ camisa com símbolo da maconha fazendo apologia ao crime, ‘conexão fumaça’ e ‘máquina do Mal’ (símbolo da camisa de futebol do traficante, Carlinhos). Em uma das fotos mostra a proximidade e amizade que o Ricardo tinha com o traficante, Esteco que é chefe do tráfico de drogas da região Centro Oeste. Ainda conforme a polícia, parentes e traficantes ligado à Ricardo, estariam supostamente planejando fazer execuções de vários policiais como forma de retaliação pela morte de Ricardo durante confronto.

A imagem pode conter: texto

Comentários

comentários