Homem mata companheira asfixiada e abandona corpo em matagal

0
268

Um homem de 26 anos foi preso no domingo (25) após confessar ter matado a mulher durante uma discussão no apartamento do casal em Rio do Sul, no Vale do Itajaí. Ele disse aos policiais que deu um golpe na cabeça da vítima com um utensílio de cozinha.
A polícia disse que o crime foi motivado por ciúme e que o suspeito utilizou um rolo de macarrão para bater na cabeça da mulher.
A Divisão de Investigação Criminal (DIC) informou que a perícia indicou como causa da morte asfixia. Conforme a polícia, o marido amarrou um saco de lixo na cabeça da jovem e depois a colocou no porta-malas do carro e a jogou em uma ribanceira no bairro Taboão.
O corpo foi encontrado por volta das 19h de domingo por bombeiros, peritos do Instituto Geral de Perícias (IGP) e agente da Polícia Civil. O marido disse à família da jovem que ela havia saído sozinha para caminhar e havia desaparecido.

Pedido de ajuda
Os familiares da vítima e a polícia procuravam por ela desde a noite de sexta-feira (23). Segundo parentes da jovem, o marido começou uma campanha pelas redes sociais com pedidos de ajuda para encontrá-la.
De acordo com a polícia, o suspeito declarou que agrediu a mulher durante uma discussão no apartamento do casal. Conforme a família da jovem, eles têm um filho de dois anos.
Até a manhã desta segunda, o suspeito continuava preso temporariamente na DIC de Rio do Sul, mas deve ser encaminhado para o presídio do município.

Fonte: G1 SC

Comentários

comentários