Governo determina que Força Nacional deverá ficar em Manaus até 2018

0
252

A Força Nacional deve permanecer em Manaus até o mês de junho de 2018. É o que foi decidido nesta quarta-feira (6), em Brasília (DF), durante uma reunião entre o secretário de Estado de Administração Penitenciária do Amazonas, coronel da PM Cleitman Coelho, com o ministro da Justiça, Torquato Jardim, e com o almirante da Força Nacional de Segurança Pública, Alexandre Mota.
A pauta do encontro foi a solicitação feita pelo Governo do Amazonas para a prorrogação da permanência do efetivo da Força Nacional em Manaus fazendo a segurança e apoio no ramal que dá acesso às unidades prisionais localizadas no Km 8 da rodovia BR-174 (Manaus/Boa Vista). Os policiais estavam previstos para continuar na cidade até dezembro deste ano.
O grupo está em Manaus desde janeiro de 2017, após o massacre de presos no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), onde 56 detentos foram torturados, esquartejados e assassinados. Na época, também houve fugas em massas em várias unidades prisionais de Manaus, como também no Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat).

Para o secretário da Seap, Cleitman Coelho, a presença da Força Nacional em Manaus vem contribuindo para o controle e ordem das unidades prisionais. “A barreira montada na entrada do ramal é controlada diariamente, permitindo o acesso apenas de pessoas autorizadas, como funcionários do sistema, familiares nos dias em que são permitidas as entregas de materiais e visitas, e também fiscalizando a entrada e saída dos detentos do regime semiaberto que possuem a licença de sair durante o dia para exercer as atividades trabalhistas”, explicou o secretário.
Nesta quinta (7), o coronel Cleitman Coelho permanece em Brasília, onde se reúne com o Departamento Penitenciário Nacional (Depen), órgão executivo que também é ligado ao Ministério da Justiça.

Fonte: Acrítica

Comentários

comentários