“Ex-Integrante” da FDN leva tiro de raspão na madrugada deste Domingo

0
199

O ajudante de pedreiro Lucas Wilker Pastor Campos, de 18 anos, foi baleado com um tiro de raspão na cabeça, na madrugada deste domingo (8), na rua 30, no conjunto Mutirão, Zona Norte de Manaus. A vítima deu entrada às 5h30 no Hospital Pronto-Socorro (HPS) Platão Araújo informando ao policiais militares – que fazem a segurança na unidade de saúde – que reagiu a uma tentativa de assalto. Porém, ao ser transferido para HPS João Lúcio, Zona Leste, Lucas confessou que o real motivo da tentativa de homicídio foi uma “rixa” envolvendo integrantes de duas facções criminosas: Família do Norte (FDN) e Primeiro Comando da Capital (PCC).
A vítima relatou que havia saído de uma casa de show acompanhada de amigos e, quando retornava para casa, foi perseguida por quatro homens em um carro, de características não informadas. Os suspeitos abordaram o jovem em frente à residência dele.
“Quando eu deixei o táxi um dos homens parou um outro carro do meu lado, abriu a janela e apontou a arma na minha direção e atirou. Eu fui atingido de raspão, saí correndo e entrei no quintal do vizinho. Eles fugiram e os vizinhos me socorreram”, contou Lucas.
Ainda segundo Lucas, os homens que tentaram matá-lo são integrantes do PCC e residem no bairro Nossa Senhora de Fátima, Zona Norte. “Essas pessoas estão me perseguindo há cinco meses e fico recebendo ameaças pelo WhatsApp. Eu tive uma rixa com eles, devido eu ser ex-integrante da FDN. Tudo isso por causa da disputa do tráfico de drogas. Mas, eu dei um tempo, não estou mais nessa vida”, contou a vítima.
A família do jovem aguarda ele receber alta médica e informou que vai registrar um Boletim de Ocorrência (B.O).

Foto: Divulgação

Fonte: Em Tempo

Comentários

comentários