Ex-governador do Amazonas e ex-primeira dama já estão em presídios

0
438

O ex-governador do Amazonas José Melo e a esposa dele, Edilene Gomes Oliveira, foram levados para os Centros de Detenção Provisória (CDPs), por volta de 15h de ontem(04). Minutos antes, o casal compareceu ao Instituto Médico Legal (IML) para exame de corpo e delito.
Melo e a ex-primeira-dama chegaram aos CDPs Masculino e Femino – ambos localizados no km 8 da BR-174, em Manaus – respectivamente, em carros diferentes. Eles foram acompanhados de agentes da Polícia Federal.

Melo teve a prisão preventiva decretada nesta quinta (4). A esposa dele também foi presa. Eles são investigados na Operação ‘Maus Caminhos’, da Polícia Federal, que apurou o desvio de verbas da Saúde do Amazonas.
Melo e Edilene devem permanecer custodiados nos presídios até que o juiz natural da 4ª Vara Federal do Amazonas decida sobre o pedido subsidiário de transferência para presídio federal.

Crimes investigados
Segundo a Polícia Federal, a movimentação financeira do ex-governador do Amazonas é considerada incompatível com a renda dele. Melo teria recebido dinheiro em espécie do médico Mouhamad Moustafa.

José Melo teve prisão preventiva decretada nesta quinta-feira (4) (Foto: Ariane Alcântara/G1 AM)

“Nota técnica da CGU [Controladoria-Geral da União] aponta indícios de enriquecimento de José Melo, especialmente em virtude da aquisição de um imóvel de alto valor, avaliado em cerca de R$ 7 milhões, além de reformas vultuosas em sítio também de sua propriedade”, informou comunicado do MPF.
A Polícia Federal também diz que há movimentações financeiras atípicas nas empresas pertencentes à Edilene Olveira. Ela ainda é investigada por interferir nas investigações com a destruição de possíveis provas.
Segundo o Ministério Público Federal (MPF), o casal ainda intimidava testemunhas da “Maus Caminhos” para prestarem falso depoimento.

Fonte: G1 Amazonas

Comentários

comentários