Dupla suspeita de tentar roubar banco e ferir 2 pessoas é presa quando tentava roubar uma lan house em Manaus

0
120

Dois homens suspeitos de integrar uma quadrilha que tentou roubar uma agência bancária em Novo Airão, interior do Amazonas, foram presos pela Polícia Civil, mais de um ano após o crime. A dupla foi interceptada quando pretendia efetuar mais um assalto nessa sexta-feira (5), na Zona Sul de Manaus. Fortemente armados, eles feriram duas pessoas e fugiram levando somente um celular de uma cliente do banco. O circuito de segurança registrou a ação. (veja acima vídeo da ação dos assaltantes na agência bancária).

Ezequiel Rodrigues Moraes, 40 anos, e Romadson Dacio Soares, 21, estavam sendo investigados por envolvimento no crime ocorrido em novembro de 2016, em uma agência bancária no município de Novo Airão, a 115 km de distância da capital.

A dupla foi presa, em flagrante, por roubo majorado tentado. Segundo a polícia, Moraes e Soares são dois dos sete assaltantes que invadiram a agência e agiram com violência.

O delegado Guilherme Torres, diretor do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), disse que parte do grupo foi identificada e era monitorado há um ano. As investigações foram iniciadas logo após o crime pela 77ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Novo Airão.

“Quando foi em setembro de 2017, foi preso o Wendel, que tem apelido de Popó. Ele informou como foi toda a empreitada criminosa e nós não divulgamos para não atrapalhar as investigações. Passamos a monitorar e, na tarde de sexta-feira, soubemos que esses dois membros da organização criminosa fariam um assalto em uma lan house no bairro da Raiz e fizemos campana”, informou o delegado.

Arma de brinquedo e uma faca estava com a dupla (Foto: Adneison Severiano/G1 AM)

A dupla foi interceptada antes de anunciar o assalto no estabelecimento. Uma pistola falsa e uma faca foram apreendidas com os dois.

Para a polícia, Ezequiel Moraes é o mentor do assalto frustrado na agência bancária em Novo Airão e ele já tinha prisão preventiva decretada.

Na delegacia, em Manaus, os dois não quiseram comentar as acusações da polícia.

Com a prisão da dupla sobe para três o número de pessoas presas. Outras quatro pessoas que podem ser do estado do Pará ainda não foram identificadas.

“As investigações continuam e, segundo o que temos levantado, as outras pessoas são assaltantes do estado Pará. Ainda não temos a identificação delas, mas estavam fortemente armadas. Um deles estava com uma camisa da Polícia Federal e vamos encaminhar cópias dos autos para um departamento da PF”, explicou o Guilherme Torres.

Assalto a banco

A quadrilha saiu de Manaus em uma lancha e chegou à Novo Airão. As investigações apontaram que o grupo acampou perto de um hotel abandonado e ficou dois dias planejando assaltar a agência bancária. Uma S10 de um morador da cidade foi roubada pelos criminosos e usada para auxiliar no crime.

Câmera flagra assalto em agência bancária de novo Airão, no AM; Veja vídeo

Na manhã do dia 30 de novembro, sete homens armados com uma pistola, um fuzil e três revólveres invadiram a agência. A quadrilha anunciou o assalto e fizeram clientes reféns. As polícias Civil e Militar foram acionadas e houve uma troca de tiros.

Um policial militar foi ferido no pé e uma pessoa refém foi ferida na boca.

Imagens captadas pelas câmeras da agência mostram Ezequiel Rodrigues dando um golpe de “gravata” em uma cliente e efetuou um disparo que atingiu a boca da vítima. Um dos assaltantes foi atingido por um tiro na barriga.

A quadrilha fugiu da agência bancária sem conseguir roubar dinheiro e levaram apenas um celular de um dos reféns.

Fonte: G1/AM

Comentários

comentários