Disputa por domínio de comércio de carvão motiva assassinato em Itacoatiara

0
172
Foto: Divulgação

Antônio Santos de Melo foi preso apontado pela Polícia Civil como o mandante do assassinato do empresário do ramo de carvão Raimundo Souza Batista, 45, assassinado em 17 de outubro deste ano no município de Itacoatiara, a 177 quilômetros de Manaus.

Segundo a Polícia Civil, o crime ocorreu no Km 2 da estrada da Vila Novo Remanso. A vítima foi alvo de um tiro na cabeça e morreu no local. Na ocasião, foram roubados do empresário a quantia de R$ 6 mil, além de três aparelhos celulares.

Durante as investigações, a Polícia Civil apurou que o crime na verdade não era um latrocínio, como havia se pensado antes, mas sim um homicídio. A motivação seria disputa pelo comércio de carvão naquela localidade.

A prisão de Antônio ocorreu nessa terça-feira (28), por policiais civis de Itacoatiara, no bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste da capital. Após a prisão, o infrator foi levado ao município de Itacoatiara, onde deverá permanecer à disposição da Justiça.

Comentários

comentários