Defensoria Pública do Amazonas leva projeto para jovens que já cumpriram medidas socioeducativas

0
182

“Valorize sua vida
não a deixe fenecer
ou até mesmo escurecer” .

Os versos fazem parte do poema “Vida”, escrito pelo adolescente M.B., de 14 anos, que está cumprindo medida socioeducativa no Centro Socioeducativo Senador Raimundo Parente. Ele e outros 21 adolescentes participaram da oficina de técnica de produção de textos ministrada pelo escritor e membro da Academia Amazonense de Letras, Tenório Telles.
A programação faz parte do Projeto Ensina-me a Sonhar, da Defensoria Pública do Amazonas, que tem por objetivo levar motivação e esperança para adolescentes que erraram, mas já cumpriram sua dívida com a Justiça, estando aptos a voltar ao convívio com a sociedade e buscam oportunidades para novos caminhos.

Durante três horas, Tenório falou com os meninos sobre poesia, prosa, versos e parágrafos. Leu trechos de poemas e textos e construiu com eles textos coletivos e os incentivou a criar e produzir textos individuais.
O resultado surpreendeu o escritor. “Percebi um grande potencial desses adolescentes. Eles têm sensibilidade, conseguem desenvolver ideias interligadas, criando uma lógica e até, quando é preciso, uma visão imaginária. Além do mais, têm bom ritmo de leitura”, afirmou.
Os jovens também gostaram da experiência e sentiram-se à vontade para participar da atividade e colocar no papel histórias com temas variados ligados a liberdade, família, amor, vida.
Para o adolescente I.L., 17, a oficina serviu para estimular a imaginação e ajudar a colocar no papel sentimentos que ficam escondidos. “Quando a gente escreve pode dizer tudo o que tem vontade sem ter vergonha de nada”.
O Projeto Ensina-me a Sonhar foi lançado em abril do ano passado no Centro Socioeducativo Dagmar Feitosa. É coordenado pelas defensoras públicas Juliana Lopes, Dâmea Mourão e Monique Cruz e atendeu, até dezembro de 2017, 120 adolescentes que estão cumprindo medidas socioeducativas.

*Com informações da assessoria e Portal Imediato

Comentários

comentários