Corpos foram carbonizados e degolados em rebelião em Goiás

0
270

Na primeira segunda-feira do ano(01), o Estado de Goiás tornou-se palco de uma rebelião em que detentos foram mortos queimados e degolados e outros feridos.
A rebelião começou na tarde de segunda-feira (1º), era 14h, na Colônia Agroindustrial de Regime Semiaberto.
A Superintendência Executiva de Administração Penitenciária (Seap) afirmou nesta terça-feira (2) que não há motivo para pânico pelo fato de 99 presos continuarem foragidos após a rebelião que deixou nove mortos em um presídio de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital. O órgão informou que as buscas pelos fugitivos continuam. O superintendente confirmou que os presos fizeram um buraco na parede para invadir as outras alas. Ele afirma que o espaço foi aberto no mesmo dia da rebelião.

Fonte: G1 Goiás

Comentários

comentários