CONCURSO: Tatuados podem fazer parte da corporação militar?

0
3487

Aqui vai um assunto muito importante para quem tem tatuagem e vai prestar concurso para a Policia Militar em qualquer estado do nosso Brasil. Primeiramente, tatuagem é uma arte ou prática feita com pigmentos vegetais ou minerais e que exprime o estado de espírito da pessoa que será tatuada, pode ser uma homenagem afetiva aos pais, filhos ou cônjuge, um sinal de identificação, religiosa, estilo, opção esportiva e etc. É muito importante ter em mente, que quem possui uma tatuagem não pode ser considerada de má índole.

Mas por que não pode ter tatuagem pra entrar pra Polícia?
Errado, pode sim ter tatuagem para entrar para qualquer das polícias militares, inclusive os editais lançados nos últimos anos já esclarecem quais locais do corpo e tipos de tatuagem podem reprovar um candidato. No geral, é solicitado que a tatuagem não chame atenção ou fique exposta quando o militar esteja utilizando os fardamentos da corporação, normalmente os orgânicos de serviço diário, já os tipos de tatuagem que vão tirar o candidato do certame são aqueles de cunho ofensivo à pátria, aos costumes, à cultura de um povo, ofensa racial e religiosa, ofensa política entre outros casos.

Tenente Carpê Andrade, Oficial da Polícia Militar do Amazonas / Foto: Rede Social
Tenente Carpê Andrade, Oficial da Polícia Militar do Amazonas / Foto: Rede Social
Soldado da PMAM Elianderson Freitas / Foto: Rede Social
Soldado da PMAM Elianderson Freitas / Foto: Rede Social
Delegado da Polícia Civil do Amazonas, Demetrius Queiroz / Foto: Rede Social
Delegado da Polícia Civil do Amazonas, Demetrius Queiroz / Foto: Rede Social

Se você aparecer pra inspeção com uma tatuagem de “VIDA LOKA”, “157 NA VEIA”, tatuagem de palhaço e demais do gênero, tenha absoluta certeza que será reprovado. Se tiver outros tipos de tatuagem tipo tribal, coração, borboletas, brasões e do gênero pode ir tranquilo.

Esses tipos de tatuagens é claro que reprovam o candidato / Foto: Divulgação

Por que eu vejo policiais com tatuagem?

Como citado no inicio deste post, a tatuagem é muito pessoal e cada um faz por motivos próprios, dentro da Policia Militar não é diferente, afinal o policial é um ser humano. Quando o policial deseja fazer uma tatuagem, ele conversa com seu superior informando qual tatuagem vai fazer e o local do corpo. Se a tatuagem não for na “contra-mão” dos princípios éticos da corporação será autorizado sem problema, caso contrário será negado.

Cada corporação tem um regulamento próprio para esta situação ou segue o RDE, que são normas do exército portanto a informação acima não é universal.

Fonte: Concurso Polícia Militar

Comentários

comentários