Cinco mortos em ataques a postos de polícia no norte de Moçambique

0
177

Cinco pessoas morreram na sequência de ataques por um grupo desconhecido a três postos policiais, durante a madrugada, na província de Cabo Delgado, norte de Moçambique, informou hoje o porta-voz da polícia moçambicana.

“Essa invasão e ataque foram feitos por mais de 30 homens com armas brancas (catanas) e armas de fogo”, disse Inácio Dina.

O porta-voz da Polícia da República de Moçambique (PRM) falava durante uma conferência de imprensa, em Maputo.

Entre os cinco mortos, há dois elementos da PRM e os restantes pertenciam ao grupo de desconhecidos que protagonizou o ataque, acrescentou.

De acordo com Inácio Dina, o grupo atacou, quase em simultâneo, o posto de Auazi, a 2.ª Companhia da Polícia de Proteção dos Recursos Naturais e Meio Ambiente e o Comando Distrital da PRM de Mocímboa da Praia.

“Estão a decorrer perseguições e detenções”, explicou o porta-voz da PRM, acrescentando que são ainda desconhecidas a origem e intenções do grupo de elementos mascarados, dois dos quais estão detidos para interrogatório.

“Não há indicação da natureza e das motivações”, observou Inácio Dina, acrescentando que o grupo se expressava em português, suaíli e quimuane, linguais faladas localmente, concluiu.

Cinco mortos em ataques a postos de polícia no norte de Moçambique
Cinco mortos em ataques a postos de polícia no norte de Moçambique / Foto: Divulgação

Comentários

comentários