Chefe do tráfico na Praça 14 é assassinado quando comemorava morte de rival

0
351

Jamerson de Oliveira, o “Gogonha”, era integrante da facção criminosa Família do Norte e foi atingido com tiros na cabeça e tórax

Foto: Divulgação

O traficante de droga e ex-presidiario Jamerson Albuquerque de Oliveira, 33, o “Gogonha” foi executado com cinco tiros que atingiram a cabeça e o tórax. O mesmo ainda foi levado com vida para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) da Colônia Oliveira Machado e morreu.

O crime aconteceu por volta das 13h deste sábado na avenida Tarumã, bairro Praça 14. A vítima foi surpreendida pelos assassinos, que fugiram após os disparos.
Gogonha era integrante da facção criminosa Família do Norte (FDN) e junto com outros criminosos comandava o tráfico na Praça 14. Segundo a Polícia, ele morreu a mando do narcotraficante Gelson Carnaúba quando comemorava o assassinato de um traficante rival.

O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS)

Comentários

comentários