Capitão Alberto Neto entrevista o Capitão Wagner, Deputado Estadual mais votado na história do Ceará.

0
509

Na última quinta-feira (5), o Capitão Alberto Neto esteve em Fortaleza – CE, entrevistando o deputado estadual mais bem votado do Ceará em 2014, Wagner Sousa (PR), o Capitão Wagner, teve mais 194.239 votos. Ele superou a marca alcançada por Delegado Cavalcante em 2002, quando obteve mais de 140 mil votos, tornando-se o candidato eleito mais bem votado da história do estado.

Capitão Alberto Neto entrevista o Capitão Wagner, Deputado Estadual mais votado na história do Ceará. / Divulgação
Capitão Alberto Neto entrevista o Capitão Wagner, Deputado Estadual mais votado na história do Ceará. / Divulgação

Capitão Wagner considerou o resultado das eleições surpreendente. “Foi uma surpresa positiva. Mas quem tava na campanha da gente, viu que foi uma campanha intensa nos 184 municípios. A gente credita a essa militância voluntária que agente teve nesses três meses esse resultado (sic)”, disse o deputado eleito, o qual pretende dedicar seu mandato à defesa dos direitos dos servidores públicos do Ceará.

Sobre Segurança Pública

Todas as soluções precisam ser discutidas, pois o aumento do crime organizado passa pela questão de Geração de Emprego & Renda, Educação, é necessário discutir sobre a questão de Ocupação da Juventude, enfim, o Capitão Wagner acredita que a segurança pública precisa ter uma discussão ampla.

Sobre Políticas Públicas

Para essa questão, um dos maiores problemas de Fortaleza, é a “herança maldita” recebida devido ao combate intenso do Crime Organizado na região sudeste. De acordo com o capitão, pela polícia ter aumentado intensamente a luta contra o crime no Rio de Janeiro e São Paulo, esse tráfico acabou migrando para o nordeste, e encontrou em Fortaleza uma rota de fuga para a Europa.

A segurança pública passa por todas as esferas, Governo Federal, Estadual e Municipal e cada um tem sua parcela de contribuição. A falta de políticas maiores, fez com que surgisse também, no Amazonas, a facção Família do Norte – FDN

Assista ao vídeo da entrevista

Comentários

comentários