Brasileiro preso na Venezuela foi solto e expulso do país, diz ministro

0
144

O brasileiro Jonatan Moisés Diniz, de 31 anos, foi libertado e expulso da Venezuela neste sábado (6). A informação foi dada pelo ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, por meio de seu perfil no Twitter.

Diniz foi detido no dia 28 de dezembro, supostamente por acusações de ter cometido crimes contra o governo local.

Ao R7, os parentes haviam reclamado da falta de informações sobre o prestador de serviços que trabalhava nos Estados Unidos e estaria na Venezuela para uma ação humanitária no Natal.

Eles disseram não saber o local da prisão ou as circunstâncias em que o brasileiro se encontrava. Os parentes moram na região de Balneário Camboriú, em Santa Catarina.

Brasil e Venezuela vivem uma crise diplomática que se agravou desde o último dia 23, quando a expulsão do embaixador brasileiro em Caracas, Ruy Pereira, foi anunciada pela Assembleia Constituinte venezuelana.

No dia 26 de dezembro, o Itamaraty aplicou o princípio da reciprocidade presente nas relações internacionais e declarou persona non grata o encarregado de negócios venezuelano em Brasília, Gerardo Antonio Delgado Maldonado.

Fonte: R7

Comentários

comentários