Após atropelar PM e fugir do local, empresário só deve se apresentar depois do carnaval

0
462

O delegado Luís Humberto, da Delegacia Especializada em Acidente de Trânsito (DEAT), foi informado pelo advogado do empresário Clóvis de Oliveira Maia Filho, suspeito de ter atropelado o sargento Sergio Ramos, 49 anos, na última quinta-feira(8), que vai se presentar no Distrito Integrado de Polícia (DIP), após o período do carnaval.
O empresário era o motorista que teria atropelado o sargento enquanto se diria para tocar no velório do Cabo Rivelino, falecido de causa natural.

Acidente
O sargento estava pilotando sua moto quando acabou colidindo de frente com o carro do empresário. Testemunhas falaram que o motorista do carro teria feito uma ultrapassagem invadindo a pista em que estava o sargento. O acidente aconteceu na avenida Santos Dumont, no bairro Tarumã, na Zona Oeste de Manaus.
Um dos editores do portal disse que o impacto tinha sido tão forte, que o tanque de gasolina saiu da moto. Após a batida, o motorista teria fugido sem prestar socorro.
O corpo do sargento Sérgio Ramos foi enterrado na tarde de ontem, sexta-feira (09) no Cemitério São João Batista, no bairro Nossa Senhora das Graças.

Foto: Portal do Holanda

Texto: Rafael Simões

Comentários

comentários