Agente penitenciário é brutalmente espancado por detentos do Ipat

0
248
Foto: Reprodução

Nesta terça-feira (7), o agente penitenciário Diego de Leon Torres, de 31 anos, foi espancado por um grupo de presidiários, no Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat), localizado no km 8 da BR-174, zona rural da capital.

A agressão sofrida pelo servidor terceirizado ocorreu no pavilhão C. No momento em que as celas eram trancadas, os presidiários colocaram uma toalha em Diego, o levaram para o banheiro e o agrediram brutalmente.

Veja como ficou o rosto de Diego:

Diego fez um relato em rede social sobre o comportamento dos presos, que são exigentes principalmente em relação à comida que é servida. “Todos os dias eles estragam comida porque não comem peixe com espinha, picadinho ou fígado. Falo isso porque trabalho lá, como agente. Ainda tem gente que defende. Vão lá passar meia hora com eles! Eu passo 12 horas lá dentro e só eu sei o que passo. Somos ameaçados de todas as formas. Não existe reeducação para eles”, escreveu o agente.

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) e a Umanizzare Gestão Prisional Privada devem se pronunciar sobre o caso ainda nesta quarta (8).

Comentários

comentários